Alguém explica?

A seleção brasileira masculina de vôlei faz na tarde desta sexta-feira o primeiro amistoso contra a Alemanha. É a fase final da preparação para o Campeonato Mundial, onde o time de Bernardinho tentará o tricampeonato.

Quaisquer que sejam os resultados, será um torneio confuso. Ou alguém consegue entender de cara essa bizarra fórmula promovida pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB)? Nem a Federação Paulista de Futebol (FPF) conseguiria fazer pior…

Para piorar, a disposição da Itália como cabeça do grupo A facilita e muito o caminho dos donos da casa até a semifinal, enquanto todas as outras seleções vão se matando no meio do caminho. Obviamente, este regulamento deixou o time brasileiro louco da vida e o Murilo expressou isso quando lhe questionei sobre o tema recentemente.

Apesar de todos os “esforços”, não levo fé na Itália. Eles podem até conseguir ficar entre os quatro, mas é vergonhoso que seja com uma bela ajuda do regulamento – ainda que o espírito da década de 90 baixe no atual time e os italianos façam belas atuações, sempre ficará a suspeita. O Mundial já começa manchado.

This article has 2 comments

  1. Realmente é muito confuso. Não entendi muito coisa por essa tabela. Mas éimpressão minha ou os primeiros colocados de grupos não vão ter nenhuma vantagem? e pior vão sair prejudicados? e quanto a beneficiar a Itália, com esse time… nem com muita reza forte.

  2. Sair prejudicados não vão, mas na prática dá quase na mesma ser primeiro ou terceiro. Como o Murilo disse, você pode estar invicto e ser eliminado na terceira por um time que já perdeu três, quatro partidas… bizarro! Bjo!