Análise para as atuações dos brasileiros na Liga Mundial

Análise para as atuações dos brasileiros na Liga Mundial
Brasil conquistou a prata pela quarta vez na história da Liga Mundial (Foto: Divulgação/FIVB)

Brasil conquistou a prata pela quarta vez na história da Liga Mundial (Foto: Divulgação/FIVB)

Três dias depois da derrota para a Rússia na final, é hora de o Brasil começar a juntar os cacos e partir para as próximas competições. Olhar para trás e ver o que deu certo e o que deu errado é uma das primeiras coisas a serem feitas. Faço então a minha avaliação, abrangendo somente os jogadores que estiveram na fase final, e convido vocês a também darem suas opiniões na caixa de comentários.

Mais notícias de vôlei? Melhor do Vôlei!

Sem caça às bruxas! A Rússia é simplesmente a melhor seleção do mundo hoje

Bruno: Nota 7. Alterna bons e maus momentos. Ainda assim, graças à sua ajuda no bloqueio e à ótima defesa, mantém a vaga de titular. É uma decisão compreensível, apesar de eu achar que ele deveria ter saído mais cedo da final.

William: 7. Tecnicamente, é melhor que Bruno, mas nesta Liga Mundial isso fez menos diferença do que muitos imaginavam. Por contribuir menos em outros fundamentos, não ganhou a posição de titular mesmo com Bruno oscilando

Vissotto: 6. É bom jogador, mas está longe de inspirar a confiança necessária em um oposto. Para piorar, teve o azar de mais uma vez se machucar às vésperas de jogos decisivos.

Wallace: 8. Tem mais recursos técnicos que Vissotto, só que ainda possui o grave defeito de não render em partidas onde o time que defende precisa reverter situações muito complicadas.

Lucão: 9. Continua sendo o melhor jogador do Brasil hoje, mesmo sem ter visto a cor da bola na final. Joga em uma posição que o faz ser menos protagonista do que poderia ser, já que centrais costumam ser os primeiros prejudicados quando o passe não entra.

Éder: 7. Desempenho razoável. Se por um lado não é decisivo como muitas vezes Lucão consegue ser, por outro também não compromete. Se Sidão voltar bem dos problemas físicos, perde a vaga de titular.

Isac: 7. Jovem, com potencial, mas não vira muitos ataques por ter uma bola com ângulo aberto demais. Tem ótimo saque, mas ainda erra muito deles, fazendo com que a relação “custo benefício” neste fundamento não valha muito a pena.

Dante: 6. O físico claramente o tem prejudicado. Já não ataca com a mesma força de antes, mas ainda é importante na recepção. Se não melhorar, corre o risco de perder seu espaço na seleção.

Lucarelli: 9. A melhor surpresa do Brasil na Liga. Agarrou com tudo a chance que ganhou e possui imenso repertório de ataque, além de ser razoável na recepção. Assim como Wallace, falta ser decisivo em grandes jogos, mas se continuar focado, tem um grande futuro pela frente.

Maurício Borges: 7. Tornou-se a primeira opções de Bernardinho nas substituições dos ponteiros, mas foi apenas razoável na recepção e é um tanto quanto lento no ataque. Nas categorias de base, já mostrou que tem talento para ir muito além disso.

Lipe: 6. Brigará pela quarta posição de ponteiro com Maurício Borges quando Murilo retornar da operação no ombro. Tem boa recepção e ataque mais fraco. Mostrou espírito de grupo, tentando incentivar e dar dicas aos colegas.

Thiago Alves: 5. Brasileiro que mais sai em baixa desta Liga. Se antes era apontado como um dos grandes nomes da nova geração, agora está perdendo confiança de Bernardinho e pouco foi aproveitado. Corre grande risco de sair com a volta de Murilo

Mario Junior: 7. Está longe de ser Serginho e eventualmente faz partidas bem ruins, mas logo compensa com boas defesas. Apesar de não ser fenômeno, é o melhor que temos hoje no Brasil.

 

This article has 13 comments

  1. Dante merece mesmo nota 6,0 ??
    Com todo respeito pela sua história e pelos títulos que já deu a nossa seleção, mas francamente hoje não merece nota 5,0…
    Bernardinho deveria ser coerente e se não vê condições para GIBA, igualmente não deveria convocar DANTE…
    Certo mesmo fez o Serginho, saiu por cima, com dignidade, deixando na nossa memória suas boas atuações!!!

  2. Cara a nota do Mario Junior deveria ser maior, pois se está julgando a atuação da liga mundial e não de toda sua carreira, e nessa liga ele mostrou que evoluiu bastante. Ele oscila sim, igual ao resto do grupo mais em minha opinião foi quem mais evoluiu nessa liga!!

  3. André Felipe Figueira Serra
    quarta-feira 24 julho 2013, 11:00 pm

    Minha visão é similar a sua, muda com referência ao Lucarelli, dar 9 a ele significa pela sua comparação de notas que ele joga tão bem quanto o Lucão. Contudo discordo amplamente, ele é um bom jogador, mas ainda erra muito e toma atitudes erradas… Assim como Wallace e Vissoto demora a engrenar.

  4. Esse momento de transição tem sido muito difícil e , na minha opinião o Willian merece ter mas chances. Com isso Wallace se mostraria melhor nas partidas devido ao entrosamento do dois. O Lucão é um cara que realmente tem feito a diferença e creio que o Vini não seria uma má alternativa para o meio de rede.

  5. Sabe estou bem decepcionado com a seleção masculina e especialmente com o técnico. As escolhas nas convocações são sempre de um grupo com o mesmo perfil e nos falta hoje um jogo de mais força e caras como Renan e até mesmo menos habilidosos como Gustavão poderiam mudar uma partida. O Bernardinho está sem alternativas no banco porque não convoca perfis diferentes e os levantadores precisa mesmo repensar…tem que haver outros melhores e que de preferência não repitam jogadas quando um dá errado…isso fica óbvio e tem sido marcado com facilidade. Por enquantyo esta geração está muito abaixo do necessário para retomarmos a hegemonia…pelo jeito precisaremos esperar novos nomes porque o que tem aí está bem ruinzinho…

  6. i dont know how you can critisize the brazilian team and the couch.when they where winig gold medals there where the best and now……every team has ups and downs this is the sport.dante legend!!!!!!!

  7. Gosto de sua avalição…
    Mudaria umas notas para mais e outras para menos.

    Mario Jr ao meu ver foi o melhor dos brasileiros na fase final.

    Lucão deixou a desejar. Eder e Isac, juntos a Sidão são similares e ficam com a briga pelo 2º central. Se bem que apostar em Gustavão seria ótima experiência, eu acho.

    Bruninho e William tem o mesmo peso e não resolvem nossos problemas. Se é para aliar bons levantamentos, defesa e bloqueio, busquemos novas possibilidades. Murilo e Rapha deviam ser testados, mas testados de verdades. Deixaria Bruno e William de fora da próxima competição.

    Na saída… Vissoto é mais completo que Wallace. Mas gosto dos dois, só que Wallace peca muto com largadinhas desnecessárias. Acrascentaria Renan que sempre defendo que tem que ser trabalhado pela comissão técnica para 2016.

    Nosso maior problema mora na Ponta! Lucarelli é realidade.
    Dante se arrata e só precisamos de alguém que passe bem para mandá-lo embora, agradecendo tudo o que fez. Lipe e Maurício talvez… Tenha alguma chance. Prefiro Lipe pq Mauricio me dá a sensação que está “sempre” acima do peso. :)
    Thiago Alves… Devetá estagiando na parte de estatísticas da seleção. kkkk Fraco demais pra está na seleção.

  8. Não concordo com comentário em relação ao Mario Junior. Não chega ser um Serginho que foi considerado o fenomeno dessa posição, mas ele jogou muito bem e com a maioria das defesas na mão do levantador…

  9. Lucarelli 9? Nem de longe. Não é um dos meus favoritos, mas reconheço que o jogador tem talento. Depois de Lucão, foi o melhor jogador do Brasil, mas não por ter feito nada excepcional, os outros q foram muito ruins. Francamente não entendi a premiação para a seleção da competição. Lucarelli não foi o segundo melhor ponteiro, e muito menos o Zaytsev foi o primeiro, diga-se de passagem, este último só jogou como ponteiro a disputa de terceiro lugar… Daria um 8 para o garoto, ainda é muito instável, vira bolas incríveis, mas era bolas fáceis. Já em relação ao Dante, todo mundo no ginásio sabia que ele ia pingar atrás do bloqueio, mas segurou na recepção, então o 6 tá bom. Por fim, em relação aos outros jogadores não tenho o que comentar.

  10. Mario Jr. merece uma nota maior, não gosto muito dele jogando mas foi o melhor do Brasil na final.
    Dante não pode mais jogar na seleção, tem todo o meu respeito pela sua historia, mas ja vimos em Londres o que aconteceu com a seleção.
    Visotto sempre se machuca nos momentos que mais precisa dele, é de se pensar sua convocação. Gosto do jogo dele, mas…
    Thiago Alves não fez nada.
    Lipe poderia ter sido mais aproveitado.
    Gostei do Maurício.

  11. Eu daria um 7 para Lucarelli. Ele é bom e só. Tá muito, muito longe de ser fantástico como a mídia a tanto custo tá querendo fazer parecer.

  12. Sergio: Ao meu ver, o Dante ainda é importante no fundo de quadra, especialmente enquanto Murilo não tem condições de jogo. Por isso, a nota 6. Mas, claro, é uma opinião e você tem todo o direito de discordar. Abs!

    Higo: Verdade, mas o Mario Jr. às vezes tem partidas ruins demais, como a segunda do Brasil contra a França em SP, onde ele não jogou absolutamente nada, a ponto de o Bernardinho decidir testar o Allan na rodada seguinte. Por isso, a nota 7. Mas, de qualquer forma, você tem argumentos válidos. Abs e obrigado pela visita!

    André Felipe Figueira Serra: Não tinha pensado por esse aspecto de comparação com o Lucão. Meu 9 ao Lucarelli foi baseado na relação expecativa x atuações, pois acho que no começo do ano ninguém esperava que ele seria titular da seleção por tantas partidas. Abs!

    Daniel: Concordo que o Bernardinho poderia ter apostado em William e Wallace em quadra mais vezes. Espero que ele faça isso nos demais torneios do ano, pois juntos os dois podem fazer a diferença. Abs!

    Rafael Lubeck: Depois de um período de tantas vitórias, os torcedores terão que se acostumar com uma nova fase de mais altos e baixos. Acho válidas as suas críticas ao Bernardinho, mas ao mesmo tempo acredito que todo técnico de seleção precisa ter com uma base para não ter que trabalhar tudo de novo a cada convocação – o que não significa, claro, que devemos ter jogadores intocáveis. Independente do que ele faça, porém, não acredito que teremos hegemonia esse ciclo olímpico, mas acho que é possível sim buscar o tetra mundial e o ouro no Rio 2016. Abs!

    sorin: I’m trying to criticize Brazilian team in these days with some foundation. Obviously, this team is not as good as the previous ones, but if you read the previous blog posts you will see that I think they are capable of winning major competitions. It’s not because the Brazilians (Dante included) and Bernardo Rezende did an excellent works in past they are immune to criticism today. Best regards!

    FELIPE ASSO: Boa análise! Apenas acho realmente Wallace melhor que Vissotto e não deixaria Dante de fora ao menso enquanto Murilo não estivesse bem – neste momento, acho importante ter um jogador experiente na ponta. Quanto ao Thiago, ele está deixando passar uma oportunidade de ouro :) Abs!

    Robson: Apesar de o Mario ter ido muito bem na fase final, fiz uma avaliação de toda a Liga, onde ele teve altos e baixos. Como disse para o Higo, a segunda partida dele contra a França foi ruim demais … imagine se fosse um mata-mata em Mundial ou Olimpíada? De qq forma, respeito sua opinião! Abs!

    João Ismar: Você também fez uma boa avaliação do Lucarelli, mas dei o 9 porque realmente não esperava que ele conseguiria se firmar assim na seleção. De qq forma, vc me deixou curiosa: pra vc, quais foram os melhores ponteiros da Liga? Abs!

    Thomás: Acredito que os problemas do Vissotto tenham sido pontuais e ainda não a ponto de vetá-lo da seleção. Mas vamos ver como o físico dele reage nos próximos meses e o nível das atuações que vai conseguir… abs!

    Gabriel: Respeito a sua opinião, mas discordo totalmente. Acho que Lucarelli tem potencial para seguir a escola de Nalbert, Giba, Dante, Murilo… daqui a alguns anos, vamos ver quem estará certo :) Abs e obrigado por vir aqui!

  13. Carol, para mim, Zaytsev foi o melhor o Oposto. Sivozhelez, Parodi e Spiridonov foram mais decisivos que Lucarelli. Contudo, seria injusto deixar o Sokolov de fora da premiação, por isso, acredito que o Zaytsev recebeu o premio de melhor ponteiro. Francamente não gostei do sistema de premiação, mas também não gosto do outro sistema que usa estatística, então valeu a mudança.