De saída, Spencer Lee conta o segredo de “temporada maravilhosa” do Rio do Sul

De saída, Spencer Lee conta o segredo de “temporada maravilhosa” do Rio do Sul

O orçamento era apenas o décimo maior da Superliga feminina, à frente somente de São Bernardo e Renata Valinhos/ Country. A falta de dinheiro, porém, não foi impedimento para que o Rio do Sul/Equibrasil jogasse bem na competição, surpreendendo os torcedores com a sexta colocação na tabela da fase classificatória. Mas qual será o segredo para tanto sucesso? É o próprio Spencer Lee que explica.

“O grande diferencial de Rio do Sul é a torcida”, afirmou o treinador, que está de saída após dois anos de projeto, ao Saída de Rede. “Eles emanam uma energia positiva para a equipe, dão o reconhecimento do esforço. É uma torcida limpa, que incentiva o tempo todo (…) Dentro do ginásio, não importa que time fosse o adversário, os 1400 lugares estavam sempre ocupados e ainda tinha mais umas 150 pessoas lá fora, que não se poupavam em gritar o nome das jogadoras”, destacou.

Mais notícias de vôlei? Melhor do Vôlei!

Spencer Lee exalta trabalho de Picinin no Praia, mas vê Rexona favorito na final

As dificuldades de Rio do Sul foram além da quadra: em outubro, o time catarinense teve que treinar em um ginásio emprestado pelo Sesi da região porque uma enorme enchente afetou a cidade. Um momento difícil, mas que deixou o grupo ainda mais unido, segundo Spencer. “Houve um espírito solidário em relação à enchente, jogadoras acolheram pessoas em dificuldades… Foi uma lição de vida e tudo isso contribuiu para a formação do caráter, da personalidade da equipe. É um grupo maravilhoso que eu
vou ter para sempre um carinho enorme”, contou.

Na próxima temporada, Spencer vai trabalhar como parte da comissão técnica do Vôlei Nestlé, em Osasco – além da permanência em Rio do Sul, ele tinha a possibilidade de se transferir para outra equipe no cenário nacional. Apesar do afastamento, o técnico garante que o carinho pelo time de Santa Catarina vai continuar.

“A diretoria e os patrocinadores são pessoas que estão preocupadas em ter ouvir, sabendo que você pode agregar alguma coisa ao projeto para transformar Rio do Sul, que é um projeto pequeno no cenário nacional, em uma equipe média a médio prazo e uma equipe grande a longo prazo. E eu desejo que isso tudo aconteça com Rio do Sul, pois são pessoas que merecem e trabalharam muito para que esse momento bom chegasse”, comentou.

(Foto: Reprodução/Facebook)