De uniforme do Molico, Mari diz ainda não saber se fica no time

De uniforme do Molico, Mari diz ainda não saber se fica no time

Em meio à movimentação do mercado de transferências do vôlei, a atacante Mari compareceu ao jogo de despedida da Fofão, no último domingo (24) com uniforme completo do Molico Osasco, clube que defendeu na última temporada. Sinal de que ela renovou com o time paulista? Nem tanto. Questionada se vai permanecer no clube em 2015/2016, a jogadora foi pragmática: “Não sei”.

Se por um lado não estava disposta a falar de seu futuro, por outro Mari mostrou grande animação ao falar da levantadora recém-aposentada. A atleta, por exemplo, deu detalhes da personalidade de Fofão que só quem esteve ao lado dela em quadra pôde perceber.

Mais notícias de vôlei? Melhor do Vôlei!

Zé Roberto quer Fofão na comissão técnica da seleção, mas jogadora só aceita “consultoria”

“São muitas lembranças, mas tem coisas que marcam. Não é nem de ela falar, mas são as atitudes, meio que com o olhar, e eu saber que ela está passando força, tentando me ajudar. A Fofão é uma pessoa que se expressa muito bem com o corpo. Quem a conhece sabe que ela põe a mão na cintura, dá uma olhadinha, bate uma palminha, que ela está ali dando forças. Então, ela tem uma liderança nata. Não precisa falar muito, ela já é uma líder ali dentro”, destacou.

Fora de quadra, a admiração de Mari também era grande: “É uma pessoa maravilhosa, muito engraçada”.