Uma imagem que vale mil palavras

Roger Federer, disposto a agradar os fãs brasileiros que acompanharão sua exibição em São Paulo no fim do ano, divulgou na semana passada a foto acima através de seu Facebook oficial. O gesto, porém, vai muito além de uma ação simpática do tenista suíço.

Colocar uma foto de Federer vestido de jogador de vôlei mostra o quanto o esporte é cada vez mais identificado com o Brasil lá fora. Mesmo não sendo patrocinadora da CBV, a Nike decidiu confeccionar um uniforme de vôlei para o astro, ao lado das clássicas fotos com a camisa da seleção de futebol.

Obviamente, a popularidade do vôlei está muito longe da alcançada por Neymar e cia, mas é legal ver como o modalidade está cada vez mais sacramentada na segunda posição das preferências do brasileiro, a ponto de começar a ter uma identificação internacional. E com um ponto positivo: em comparação com o time de Mano Menezes, as seleções de vôlei têm uma imagem bem mais positiva neste momento.

É possível que a imagem escancare um interesse da Nike, que já apoia o COB, em aumentar sua ações no vôlei. De qualquer forma, ver o Federer fantasiado de Giba (ou Murilo, ou Ricardinho, ou Sidão…) não deixa de ser bacana. Com o repertório, a precisão e a habilidade que possui, não me surpreenderia se ele mostrasse algum talento para levantador…

Em tempo: de volta ao Brasil após jogar em quase uma dezena de países, Logan Tom se mostrou surpresa com a popularidade que o vôlei tem por aqui. 

This article has 2 comments

  1. É mesmo muito animador para os fãs de vôlei ver uma lenda do esporte como o Federer “fantasiar-se” desse modo simpático. Ah, e sobre a Logan Tom: uai, ela já atuou no Minas, por quê essa surpresa com a popularidade do esporte?

  2. É motivo de orgulho saber que a imagem do Brasil lá fora agora é do país do vôlei! só falta os proprios brasileiros se darem conta disso.